Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2009

Amar, Amar... és a solução

A vida poderia ser mais simples
Menos continua
Ou mais duradoura.
Mas se a vida fosse somente como quiséssemos
Muita coisa ruim aconteceria
Muita gente não cansa de fazer
Aquilo que outros ditam como errado.

O que é errado?
Amar???
A quantas pessoas se deve amar?
Quando se pode amar?
Onde se pode expressar amor?

São perguntas que prefiro responder a você
No pé do ouvindo
No cheiro do cangote
No amor urgente e gostoso
Em qualquer lugar da casa.

Súplica:
Me ame mais uma vez....
Dessa vez é para sempre.

Amar é...

É mais que está ao seu lado,
Mais do que te olhar,
Mais do que ganhar seu sorriso
Mais do que te abraçar

Amar é
Lembrar de você
Ter medo de te ter e te perder
Vontade de te ver;
É estar e pensar em você.

2002

Olhares

Tirastes do meu olhar um dia
A ingenuidade
E colocastes o fogo,
O amor
No encontro dos nossos olhares
Amantes
Saem faíscas
E em nossos corações
Branda o amor coberto pela ternura

2002
A poesia é o que sinto e sou
Mas pode ser algo ou alguém
Que é, que virá, que já foi.

Não é assim

Não tem porquê
A sociedade é quem cria
A polícia é quem manda
O povo oprimido nas favelas é quem move

E você,
Vê tudo de sua tevê
Vê e não sabe viver
Nem criar um cordão sanitário
Para impedir os limpos e certos da CPI de 2001

Não é assim
Tem que reagir
Temos que nos unir
Para atingir
A vitória e seguir
A felicidade que se quis

E eu,
Estou aqui pra mostrar
A minha realidade
Para você e todo mundo parar
Pra pensar

O que será do futuro
Que sonhamos no passado
E destruímos no presente?

Não me siga
Porque assim como você
Eu também estou sem rumo
Levando chumbo,
Cortando os pulsos

No meio dessa civilização
Eu encontrarei o infinito
E eu decidirei meu caminho

(me impuseram o infinito
Ele está: ou no norte ou no sul
Meu fim termina aqui)