Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2016

Águas de Oxumaré

Imagem
Chove gotas de esperança lá fora: por dias melhores por mais amores por mais dignidade. Chove dentro de mim também: possibilidades de flores nessa tempestade de ignorância da humanidade. A tristeza me inunda, mas não afoga meu desejo por faces menos nubladas e corações mais ensolarados.

Ana Fátima dos Santos

I lovy you, baby!

Imagem
na gravitação do olhar saboreio cada milímetro do seu crescimento sigo na ventania dos seus futuros passos ainda em meu ventre-mundo.
gestaciono amor, assim como placenteio esperança e sua imagem de negra ternura já sementeia meus dias de conquistas.
vida, águas brandas. durmo mais um dia amanhecendo sua vinda. desejando mais beleza e alegria
para nossas negras crianças.

Poemas publicado em Cadernos Negros vol. 37 - poemas afro-brasileiros. São Paulo: Quilombhoje, 2014, p.20.