Rememória...

Hoje eu chorei ao ver as estrelas
Não com lágrimas, mas com palavras
Lembrei de meus amigos, meus sonhos
E no passeio que nelas eu dava... uma despencou no mar
E pensei na felicidade com tudo que tinha direito
E o que não tinha
Olhei uma por uma, fiz riscos no céu enfeitado
Onde a lua nem ousava ser a principal,

Me custou para abandonar as lembranças
Não imaginar estrelas a cair e navegar
Nas ondas do mar que iam e vinham como a minha saudade
Acabei o meu pranto como sempre, cantando
E alguma coisa dizendo dentro de mim
Que os meus desejos vão florir
E perfumar a minha vida
E a dos meus semelhantes.

02/2002

Comentários

  1. "Hoje eu chorei ao ver as estrelas
    Não com lágrimas, mas com palavras
    Lembrei de meus amigos, meus sonhos"


    Isso é muito sensível!

    Beijos Vermelhos,


    Mi e ChicO!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Seios de negra (por Solano Trindade)

Tranças em Dança

Conceição Evaristo em Salvador